ads

ÃOmistoso de 2015

PLANTÃO: Redenção: Veva 1 x Atlético Porto 0. Gauchão: Juventude 1 x Caxias 0

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Vale esclarecer a determinadas pessoas que o jornalista não necessita estar no local para noticiar uma informação. Ele se vale de fontes, na maioria das vezes fidedignas. Digo isto, para focalizar a notícia sobre a agressão ao árbitro do jogo Tabajara x Nova Gleba, no finalzinho da partida pelas semifinais do campeonato da Liga e que estava empatada em dois a dois. Recebi uma ligação do Paulão Paquetá que me informava do acontecido. Fui em busca de uma fonte a quem considero respeitosa para buscar a confirmação do acontecido com maiores detalhes. Esta fonte, diga-se de passagem, não é nem torcedora do Tabajara e nem do Nova Gleba. Então, não teria razões para puxar para um lado ou para o outro. E ela, a fonte, me repassou o que aconteceu. Disse-me que o presidente do Tabajara invadira o campo e agredira o árbitro. E outras pessoas participaram das agressões e que foram os próprios frequentadores do Nova Gleba (campo) quem conseguiram tirar o árbitro do tumulto.
Pois bem. Com as informações fiz a matéria. Como é do conhecimento dos que nos acompanham, o nosso novo template abre espaço para uma foto em determinadas publicações. Busquei, então, uma do Tabajara e encontrei no Facebook, página do time. E ilustrei dizendo que a equipe estava eliminada. Nem na foto e tampouco na notícia, deixei dúvidas com relação aos agressores do árbitro. O Paulão me ligou à tarde, dizendo que tinha recebido ligações cobrando dele a colocação da foto no blog e que havia ameaça de entrarem na Justiça e até envolver o Conselho Tutelar porque na fotografia tem dois menores. Aliás, dificilmente se encontra uma foto de time de várzea que não tenha uma criança junto. Não esquentei, porque não via, ali, nenhuma irregularidade.
Pouco depois recebi uma ligação do Dirceu, técnico do Tabajara, que conheço desde outros carnavais. Sei que ele faz um trabalho com a gurizada da comunidade. Expliquei a ele que a foto eu buscara no Facebook do time e que servia tão somente para ilustrar a matéria. Ele não via assim. Disse-me que ela, a foto, acabava prejudicando o seu trabalho social que é feito com as crianças. Como é um cara educado, acabei aceitando as ponderações e a preocupação dele e retirei a ilustração.
Disse-me o Dirceu, também, que o árbitro agredido, revidou um empurrão do presidente do Tabajara com um soco. O filho do presidente vendo o pai brigar entrou no conflito. Um ou dois jogadores do Tabajara, que ele não conseguiu identificar também deram no árbitro. Considerou um ato covarde e falou-me que foram os próprios jogadores do Tabajara com a ajuda dele quem conseguiram retirar o árbitro de dentro do campo. Disse, também, que a atitude do seu presidente foi de agressão, ao empurrar o árbitro. Mas que tudo foi gerado pelo fato do apitador ter advertido com o cartão amarelo nove dos seus atletas contra um do adversário. E que ao expulsar dois jogadores, um de cada time, autorizou o atleta adversário a continuar em campo.
Dirceu demonstrou descontentamento com o fato e já pensa, como fizera com o sub 17, há uns dois anos, abandonar a categoria livre e se dedicar a gurizada dos 15 anos para baixo
E para encerrar um aviso a um blogueiro, que não é jornalista profissional, que não use os meus textos. Que faça os seus mesmo com os gritantes erros da nossa língua. É mais honesto.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Sobre A Voz do Amador

A Voz do Amador - A notícia no momento em que ela acontece
«
Anterior
Postagem mais recente
»
Proximo
Postagem mais antiga

Um comentário:

tatiane casanova silva disse...

Grande Bolinha..infelizmente a varzea esta acabando. O paulao tem feito campeonatos para tentar manter vivo o futebol em porto alegre. Acredito que sera rigoroso no tratamento desse incidente. O blogueiro que se intitula jornalista nem o primeiro grau deve ter concluido. So copia noticias e fica no face 24 hrs vasculhando fofocas...kkkkkk pobre coitado...... vc sim é jornalista respeitado por todos.....

Abraco

Christian


Top