ads

Na página COPA AVA mais fotos da final no Marinha do Brasil. Confira em FOTOS DIDI algumas fotos da final do Murialdo. Na Especial confira um pouco da história do Edilson do Atlético Porto.

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Grêmio começa a ser punido por meia dúzia de baderneiros

O Grêmio foi penalizado, preliminarmente, com a suspensão do seu jogo, o segundo da série, contra o Santos que estava programado para a semana que vem na Vila Belmiro. O STJD acatou liminar pedindo a suspensão da partida. O presidente do órgão, Caio César Rocha, disse que a liminar deverá ser apreciada nos próximos 15 a 20 dias. Na próxima Quarta-feira, o jurídico do Grêmio estará no Rio de Janeiro para fazer a defesa do clube com relação aos incidentes racistas na partida da Arena contra o Santos, quando o goleiro Aranha, do time santista, foi chamado de “macaco” e de “preto fedido”.

Racismo é caso de polícia. Punir o Grêmio será uma baita injustiça

Se o Grêmio vier a ser punido com a perda de mando de campo, pelo fato de uma torcedora, identificada pela televisão, ter chamado o goleiro Aranha, do Santos, de "macaco" será uma tremenda injustiça. Sim, porque vale a pergunta: O que o clube pode fazer para evitar este tipo de comportamento? Colocar apenas 20 mil torcedores e contratar 20 mil seguranças para cuidar de cada um deles? Ou o racismo que é crime deve ser de responsabilidade da Polícia?
O mais interessante nisso tudo, é que um determinado jogador argentino - não me recordo - em São Paulo saiu de campo preso por ter ofendido um adversário afro-descendente. Aqui, a torcedora, identificada pela televisão, foi embora para casa tranquilamente, quando a autoridade policial tinha de prendê-la, assim como os outros que xingaram Aranha, chamando-o de "preto fedido" e outras coisas mais. E entre eles, segundo a tevê mostrou, estava um afro-descendente. O interessante é que  leio que a nossa polícia quer a ajuda do goleiro para identificar a torcedora. Será que as imagens da tevê não valem nada?
Zé Roberto foi feliz,  em entrevista depois do jogo, dizer que existe sim racismo no Brasil. O negro é sim espezinhado pelo branco quando não há conhecimento e nem amizade. Quando o branco é amigo do negro, aí eu concordo que não haja racismo.
No Brasil, na verdade, há uma série de preconceitos. Por exemplo: Vá numa revenda de carros de chinelo de dedos, com dinheiro no bolso para adquirir um veículo à vista, e veja como você será tratado. O vendedor nem chega perto. Vira a cara. Agora, se aparece um "doutor" bem arrumadinho mas pelado, há uma corrida dos vendedores para atendê-lo, O cara de chinelo de dedos só vai ser chamado de "doutor" se espalhar as notas de cem em cima de uma mesa. Aí, vai ganhar cafezinho, suco ou refrigerante.
O gordo também sofre de preconceito. Primeiro por receber, de cara, o apelido de "gordo". Depois se entrar num lotação todo mundo vira a cara, para que ele não sente ao lado. Se vai no supermercado, a comida mais cara é do gordo. Só que este tipo de preconceito não é crime. E assim vai.
Repito: tem de punir os agressores e não o clube.
E o Abel partiu para o ataque. Espinafrou um comentarista que vem lhe fazendo críticas. Disse até que o cara é conhecido como comedor de bola. Ou seja, pega reis para defender este ou aquele dirigente, técnico ou jogador. Só quero ver se o dito cujo vai para a rádio e para sua coluna revidar o que disse o Abel Braga. Acho que não, porque o técnico do Inter conhece demais o cara. 

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Grêmio paga caro erros do seu ataque e larga em desvantagem contra o Santos

Num jogo em que teve uma atuação bem melhor que o seu adversário, porém, careceu de efetividade na frente onde seus atacantes perderam diversas chances de gol, o Grêmio acabou sendo derrotado pelo Santos, na partida de ida, das oitavas de finais da Copa do Brasil. O Santos acabou vencendo por ter sido mais efetivo que o tricolor gaúcho. Agora, o Grêmio vai precisar vencer o segundo jogo, na próxima semana na Vila Belmiro, por diferença de dois gols. Dois a zero leva para os pênaltis e acima de 3 a 1 garante a vaga.
O árbitro, Wilton Pereira Sampaio,  foi muito contestado, principalmente no lance em que Lucas teria dominado no braço e conduzido a bola até o gol de Robinho.Ele expulsou o treinador Luiz Felipe, sob alegação de que teria sido ofendido pelo técnico quando se dirigia para o vestiário no intervalo do jogo.
RACISMO
O goleiro Aranha denunciou, durante o jogo, ter sido chamado de "preto fedido" e de "macaco" por uma torcedora do Grêmio que a ESPN conseguiu gravar a imagem. A partida ficou interrompida por mais de três minutos. Apesar do Grêmio anunciar que "não teme uma punição" tudo vai depender do que o árbitro relatar em súmula. O tricolor corre o risco de ter seu estádio interditado.

Dez equipes participarão da I Copa A Voz do Amador Libertadores

Na noite desta quarta-feira, 28, foi realizada a primeira reunião dos representantes dos times que irão participar da I Copa A Voz do Amador Libertadores, com o responsável pelo evento, Paulo Paquetá. Ficou decidido que na próxima quarta-feira será sorteada a tabela da competição que inicia no dia 14 de setembro. Os jogos serão em Eldorado do Sul e no Ceprima, em porto Alegre.

Liga da Nova Gleba passa borracha nos incidentes de domingo

A direção da Liga da Nova Gleba reunido na noite de quarta-feira resolveu apagar o que aconteceu no domingo - briga nos dois jogos das semifinais - e marcar os mesmos jogos para domingo à tarde. Assim, Tabajara e Nova Gleba voltam a se enfrentar no primeiro jogo da tarde e Nacional x Juventus, no segundo.

O povo reclama, mas também trata a saúde como brincadeira. Tocou fogo nos colchões, vai dormir no cimento

Um absurdo, o  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Porto Alegre necessitar desenvolver ações de conscientização para enfrentar os trotes telefônicos que prejudicam o serviço. Só este ano, a central já recebeu mais de 33 mil chamadas falsas. Isso representa 21% de todos os chamados que os atendentes do Samu recebem. Então não venham condenar o governo pelo caos na saúde pública porque a própria população trata o problema como brincadeira. Enquanto um imbecil está passando um trote, uma outra pessoa que necessita de atendimento fica sem a prestação do serviço e muitas vezes correndo risco de morte. Deveria ter um mecanismo que identificasse a pessoa que passa o trote e que ela viesse ser punida exemplarmente.
Li e ouvi que internos do semi-aberto tocaram fogo nos colchões e provocaram incêndio que destruiu, inclusive, alojamentos. Certa vez, uma pessoa me questionou e respondeu ao mesmo tempo: “Por que tu cuidas das tuas roupas? Porque compraste com dinheiro do teu trabalho.” Com isto ele queria me dizer que os apenados deveriam pagar pelos colchões, roupas de cama e comida que recebem, porque aí, não colocariam fogo nos colchões, por exemplo. Acho que o governo é paternalista com os delinquentes. Caso contrário, deixava que eles dormissem no cimento. Mas não, ganham logo colchões novos. E quem paga somos nós trabalhadores com as escorchantes taxas de impostos. Na verdade, o cidadão de bem não tem esta mesma proteção do governo e dos políticos.

Com relação ao futebol, volto a dizer que a direção do Internacional está omissa no que se refere aos desmandos do treinador Abel. E enquanto ele brinca de treinador, o clube vai perdendo receitas. Ele e os seus queridinhos que vivem sendo poupados, no final do mês querem o deles. Ouvi na Band, um velho conhecido do meu tempo de setorista do Internacional, o dr. Adil Souto, responsável pelo projeto Genoma Colorado. Perguntado se o Inter agia corretamente ao poupar jogadores ele respondeu: “Não, jogador tem de jogar”. O que, diga-se de passagem, eu concordo plenamente. Por que não escalar o melhor time no primeiro jogo contra o Bahia? Para poupar o D’Alessandro, se ele já se auto-poupou da partida contra o Palmeiras recebendo o terceiro cartão amarelo? Faz escore e lá sim poupa alguns preferidos. E ainda sou obrigado a ouvir do técnico que aconteceu. "Paciência".
O Marcelo Medeiros deu uma coletiva após a fiasqueira contra o Bahia e disse coisas incríveis. Justificou a derrota pelo fato do Bahia estar há seis jogos sem perder. Esqueceu que o Bahia está na zona da degola do campeonato brasileiro. Que poupar alguns titulares passou pelo departamento de futebol e não apenas pela comissão técnica. Ora, agora pegaram esta. Exames estão a indicar que tal jogador pode vir a ter uma lesão muscular. Mas ele pode ter esta lesão caminhando pela rua da Praia. Não me recordo, parece ter sido o Elder Granja, que se lesionou carregando uma mala de viagem. A verdade é que o treinador perdeu o rumo e a direção parece ter um medo terrível dele. Se não ganhar do Palmeiras tem de mandar ele embora. Busca o Tite que ele vem. Ele ficou sem trabalhar porque esperava ser chamado para a seleção brasileira. Só  não me venham com Celso Roth, pelo amor a Deus.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Saiu a primeira rodada da Copa Terristórios da Paz

A organização do evento divulgou a primeira rodada da Copa Territórios da Paz que inicia neste domingo com nove jogos. Eis a programação:
                  Marinha campo 1     
Zona Sul x Revelação 13:30hs
Vitoria x Benfica 15:30hs
                     Marinha campo 2
Atletico Canoas x Paulo Santos 13:30hs
Agora é serio x Vila Farrapos 15:30hs
                     Intercap
União Bom Jesus x Juventude da Bonja 13:30hs
Vasquinho x Atlético Eldorado 15:30hs
                    Ceprima
Academia da Velha x Vinclen 13:30hs
                   
Parcão
Juventus x Academia São Pedro 13:30hs
1º de maio x Real São Domingos 15:30hs

Mais uma fiasqueira do Inter. E, de novo, contou com o aval do técnico e da direção

Nem Abel e nem a direção sabem as razões para justificar mais um fracasso do time do Internacional que na noite desta quarta-feira, em casa, na estreia da Sul-Americana, perdeu de 2 a 0 para o Bahia. E saiu barato, porque o modesto time baiano, enaltecido pelo diretor de futebol Marcelo Medeiros, do Inter,  ainda desfrutou de mais oportunidades. Ao contrário do Bahia, o Internacional não conseguiu uma chance de gol para, pelo menos, diminuir a diferença alcançada pela equipe de Kleina.
A atuação colorada foi tão deplorável que culminou com a falha de Dida, no primeiro gol e de Ernando, no segundo. No primeiro a bola passou na cara dele, Dida. No segundo, Ernando levou uma finta de várzea e ficou estatelado na grama.
O Inter, agora, precisa vencer com diferença de dois gols, em Salvador, para seguir na Copa, o que será uma tarefa bastante difícil.
HOJE É A VEZ DO GRÊMIO
Depois da vitória sobre o Corinthians, pelo brasileiro, o Grêmio abre sua participação na Copa do Brasil, na Arena, contra o Santos. O tricolor espera fazer escore para decidir com mais tranquilidade no segundo jogo lá em Santos.


Isto que se viu na tevê é o que chamam de debate?

Acompanhei parte do que chamam de debate dos candidatos à presidência da República. Sim, porque na minha modesta opinião, a gente só pode analisar os candidatos se fossem dirigidos a eles os mesmos questionamentos. Dou como exemplo: um determinado candidato responde sobre o pão. O outro sobre a salsicha. Quando ambos deveriam falar do cachorro quente, no caso. E aí sim, o povo teria condições de analisar mais cuidadosamente os candidatos.
O que não consigo entender, é o crescimento da Marina Silva, já que o nome forte era do ex-governador de Pernambuco, recentemente falecido em trágico acidente aéreo, e cujo percentual era muito baixo. A morte dele acabou alavancando a candidatura do seu partido e, segundo a última pesquisa, Marina venceria a atual presidente Dilma Rousseff no segundo turno. Dificilmente uma pesquisa erra, mas esta vou esperar para ver.
Passei os últimos 15 anos convivendo com a várzea e agora estou chegando a conclusão sobre as razões que a grande mídia ignora o futebol varziano. Os caras se melindram com qualquer coisa. Menos quando agridem árbitros que estão ali para pegar uma "merreca" e ficam expostos a ira de valentões, geralmente em número superior ao apitador. Afora isto, gostam de ameaçar com "processo".  A grande mídia, então, resolveu ignorar o futebol de várzea. Talvez com muito medo das tais ameaças de "vou processar". E não está muito errada não.
O treinador do Internacional não sabe que rumo tomar. Depois de eliminado pelo Ceará reclamou de participar da Copa Sul-Americana, resolveu poupar alguns titulares na partida desta quarta-feira contra o Bahia. E foi o que se viu. Levou dois do Bahia e não tomou mais por pouco. E a direção continua omissa. Marcelo Medeiros, na coletiva, não disse nada. Só defendeu Abel e valorizou o medíocre time do Bahia que está na zona do rebaixamento.
O Inter, na minha opinião, deu adeus a mais uma competição. A próxima começa a ser perdida já neste sábado, contra o Palmeiras. Ou alguém acredita que com as últimas atuações da equipe o Inter tem chances de chegar ao título brasileiro?

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Atlético Viamonense promove almoço para apresentar novo fardamento

O diretor de futebol do Atlético Viamonense, Jaime Rocha Alves, esta organizando um almoço para o sábado, dia 6 de setembro. Na ocasião será apresentado o novo fardamento do clube.

Alexandre, destaque na vitória zequinha

Na partida válida pela Copa FGF Sub-19, onde o São José venceu o Estância Velha por 1x0, o lateral-direito Alexandre foi o destaque do jogo.
Nascido em 1994 e natural de Viamão, Alexandre Nunes Moreira, está no Zequinha desde 2011. Em 2013, o atleta ficou afastado dos gramados e no primeiro semestre de 2014 atuou na 3ª divisão gaúcha, defendendo as cores do Guarani de Bagé.
"No retorno ao clube, o Alexandre recebeu sua oportunidade e deu uma resposta muito positiva. Atuou com muita segurança na marcação e qualidade no ataque. Espero que, com a sequência de jogos e treinamentos, possa evoluir, se firmar na posição e ajudar seus companheiros em fazer uma boa campanha na competição." - disse o técnico Sandro Resende.

Neste domingo começa o torneio do "boi" do Chico Mendes

O tradicional torneio do "boi" organizado pela Liga do Chico Mendes que inicia neste domingo será disputado por 16 equipes: AZN Lagoense, Clarão da Lua, Fluminense, Flamenguinho, Independente, Juventus, Kosmos, Ouro Preto, Onze Amigos, Panelinha, Safira, São Borja, União, Unidos da Martins,
Vasquinho e Valência.
No campo principal do Chico Mendes, às 9h45, União x Unidos da Martins e às 11h30, Flamenguinho x Fluminense no clássico Fla-Flu da comunidade; No campo da Cohab, 9h45, Kosmos x Independente; No campo do 18 de Agosto, 9h45, Ouro Preto x Clarão da Lua; No campo do Correio do Povo, no Passo das Pedras, 9h45, AZN Lagoense x Juventus e no campo da Safira, 9h45, Vasquinho x Valência e às 11h30, Safira x São Borja.
A partida entre onze Amigos x Panelinha deverá ser disputada no período noturno no campo da Vila Safira.
O campeão além de um boi receberá troféu e medalhas. O vice receberá um porco, troféu e medalhas; o terceiro lugar, uma ovelha, troféu e medalhas e o quarto lugar receberá 15 quilos de carne e mais troféu e medalhas.

Doze Horas corre atrás do bi estadual de amadores

Sob o comando do trio Donça, Michel e Petry, o Doze Hora iniciou preparação para sua estreia no campeonato estadual de amadores da Federação Gaúcha de Futebol, que acontece no feriado de 7 de setembro, em Viamão, contra o Tamoio. "Vamos em busca do bicampeonato", salienta Donça que movimenta os jogadores do Doze Horas em dois treinamentos na semana, às terças e sextas às 9 da noite.
o Doze Horas ficou no grupo A do estadual com a companhia do Tamoio, Guaíba e Serrano.

Sul-Americana é o que resta para o Inter este ano

Apesar de acreditar ainda em título nacional, as atuações da equipe colorada não chegam a encher de otimismo os torcedores vermelhos. E a própria direção também não chega a ter convicção de que a equipe poderá vir a se recuperar no brasileirão. Assim mesmo o discurso é outro e a Sul-Americana pode ser a única coisa a restar ao Internacional.
E o colorado que resolveu poupar vários titulares, entra em campo nesta quarta-feira precisando fazer escore contra o Bahia para jogar com mais tranquilidade a partida de volta em Salvador. Se repetir o que fez com o ceará, será mais um vexame do time de Abel Braga.
O técnico voltou a fechar o treino para que a imprensa não saiba a equipe que ele escalará nesta quarta-feira. O certo que irá poupar Rafael Moura - poupará também a torcida que não suporta o centroavante -, D'Alessandro, Juan e Fabrício, além dos machucados Wellington Silva e William. 
O time provável: Dida; Cláudio Winck, Paulão, Ernando e Alan Ruschel; Bertotto, Wellington, Aránguiz, Alex e Valdívia; Wellington Paulista.
Inter x Bahia tem início previsto para ás 22 horas (10 da noite).

A quem interessar possa: Jornalista não precisa estar no local para dar a informação

Vale esclarecer a determinadas pessoas que o jornalista não necessita estar no local para noticiar uma informação. Ele se vale de fontes, na maioria das vezes fidedignas. Digo isto, para focalizar a notícia sobre a agressão ao árbitro do jogo Tabajara x Nova Gleba, no finalzinho da partida pelas semifinais do campeonato da Liga e que estava empatada em dois a dois. Recebi uma ligação do Paulão Paquetá que me informava do acontecido. Fui em busca de uma fonte a quem considero respeitosa para buscar a confirmação do acontecido com maiores detalhes. Esta fonte, diga-se de passagem, não é nem torcedora do Tabajara e nem do Nova Gleba. Então, não teria razões para puxar para um lado ou para o outro. E ela, a fonte, me repassou o que aconteceu. Disse-me que o presidente do Tabajara invadira o campo e agredira o árbitro. E outras pessoas participaram das agressões e que foram os próprios frequentadores do Nova Gleba (campo) quem conseguiram tirar o árbitro do tumulto.
Pois bem. Com as informações fiz a matéria. Como é do conhecimento dos que nos acompanham, o nosso novo template abre espaço para uma foto em determinadas publicações. Busquei, então, uma do Tabajara e encontrei no Facebook, página do time. E ilustrei dizendo que a equipe estava eliminada. Nem na foto e tampouco na notícia, deixei dúvidas com relação aos agressores do árbitro. O Paulão me ligou à tarde, dizendo que tinha recebido ligações cobrando dele a colocação da foto no blog e que havia ameaça de entrarem na Justiça e até envolver o Conselho Tutelar porque na fotografia tem dois menores. Aliás, dificilmente se encontra uma foto de time de várzea que não tenha uma criança junto. Não esquentei, porque não via, ali, nenhuma irregularidade.
Pouco depois recebi uma ligação do Dirceu, técnico do Tabajara, que conheço desde outros carnavais. Sei que ele faz um trabalho com a gurizada da comunidade. Expliquei a ele que a foto eu buscara no Facebook do time e que servia tão somente para ilustrar a matéria. Ele não via assim. Disse-me que ela, a foto, acabava prejudicando o seu trabalho social que é feito com as crianças. Como é um cara educado, acabei aceitando as ponderações e a preocupação dele e retirei a ilustração.
Disse-me o Dirceu, também, que o árbitro agredido, revidou um empurrão do presidente do Tabajara com um soco. O filho do presidente vendo o pai brigar entrou no conflito. Um ou dois jogadores do Tabajara, que ele não conseguiu identificar também deram no árbitro. Considerou um ato covarde e falou-me que foram os próprios jogadores do Tabajara com a ajuda dele quem conseguiram retirar o árbitro de dentro do campo. Disse, também, que a atitude do seu presidente foi de agressão, ao empurrar o árbitro. Mas que tudo foi gerado pelo fato do apitador ter advertido com o cartão amarelo nove dos seus atletas contra um do adversário. E que ao expulsar dois jogadores, um de cada time, autorizou o atleta adversário a continuar em campo.
Dirceu demonstrou descontentamento com o fato e já pensa, como fizera com o sub 17, há uns dois anos, abandonar a categoria livre e se dedicar a gurizada dos 15 anos para baixo
E para encerrar um aviso a um blogueiro, que não é jornalista profissional, que não use os meus textos. Que faça os seus mesmo com os gritantes erros da nossa língua. É mais honesto.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Cachoeirinha e Ijuí decidirão 1ª Copa RS de futebol feminino

Os times de Ijuí e Cachoeirinha (Onze Unidos) são os finalistas da primeira Copa RS de Futebol Feminino de Várzea. As duas semifinais foram jogadas no domingo (24). A decisão será no dia 14 de setembro, sábado, no Estádio da PUC, em Porto Alegre. A competição é uma parceria da Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (FUNDERGS) com a Associação Gaúcha de Futebol Feminino (AGFF).

Jogando no Estádio 19 de Outubro, do São Luiz, a equipe de Ijuí bateu o Canoas por 1 a 0, garantindo um time do Interior na final da competição. Na outra partida, em Rio Grande, o Onze Unidos representante dfe Cachoeirinha bateu o time da casa por 2 a 0, gols de Karina Luz,  e garantiu um representante da Região Metropolitana na final da Copa RS.


Direção do Inter está omissa. Abel manda e desmanda. Técnico disse assumir derrota. Tá bom, vai dispensar o salário no final do mês?

"Eu assumo a derrota. Não vou jogar nas costas dos meus jogadores". Declarações do técnico Abel após mais um fracasso colorado no brasileirão, no sábado á noite, quando perdeu, no estádio Independência, para o Atlético Mineiro, por 1 a 0. Tudo bem. E daí. O Abel assume a derrota. E o que isto vai resolver. Simplesmente nada. A direção é que tem de encostar no técnico e não deixar que ele continue fazendo as "caga..." na escalação da equipe e nas alterações durante as partidas. O técnico já deixou claro que não tem convicções. E repito: num jogo quem entra é o Valdíuvia. No outro a bola da vez é o Jorge Henrique. Afinal, quem é o reserva?
Outra coisa: já chegou a hora de colocar o Rafael Moura no banco. Ou não? Ele foi um dos responsáveis pela derrota do colorado em Minas, ao perder um gol, sem goleiro, de dentro da pequena área. O outro é o Otavinho que dizem maravilhas mas que eu nunca vi jogar nada. É só encostar nele que cai. Foi assim na bola que o Inter perdeu na risca da grande área do Atlético e que culminou num contra-ataque rápido do galo e gol do Tardelli. Se a direção pensa em vender o cara, bota numa loja, mas não prejudica o time. Até pode ser que no futuro - eu não acredito - venha deslanchar. No momento já mostrou que não tem bola para jogar no Inter. Ele e alguns outros.
O Inter, já escrevi e volto a repetir, não é um time que ambiciona chegar ao título. Não joga com alegria. Os jogadores entram em campo como se fosse apenas para cumprirem  com as obrigações e mais nada. Que se exploda a direção e a torcida que sonham com título. Eles só pensam na tesouraria no final do mês e o resto é o resto.
O Inter estreia na sul-americana na quarta-feira e o seu técnico já está anunciando equipe de reservas. E a direção não encosta nele para que coloque em campo o melhor time. Afinal de contas, a sul-americana é quase uma Libertadores. Ou não? De tanto poupar jogadores, o Abel colocou o Fluminense na segundona no ano passado. O Flu só saiu porque a Portuguesa colocou um jogador irregular contra o Grêmio. Então chega desta bobageira de poupar jogador. O D'Alessandro, por exemplo se auto poupou da partida contra o Palmeiras, forçando o terceiro amarelo. Então põe ele para jogar. Esta história de desconforto muscular é para boi dormir. O argentino amarelou mais uma vez.
E o Grêmio teve uma vitória maiúscula contra o Corinthians. É verdade que teve a ajudinha do Heber, o árbitro, que sonegou um pênalti de concurso quase no final da partida, quando Werley não permitiu que a bola fosse ao gol do Marcelo Grohe, com o braço. E na expulsão, não viu que foi o Rodholfo quem empurrou o Guerreira para cima do Alan Ruiz. Mas o que vale mesmo são os três pontos e uma vitória que dá ao elenco gremista mais tranquilidade para enfrentar o Santos pela Copa do Brasil e o Bahia, tudo aqui em Porto Alegre.
E para encerrar mais um capítulo vergonhoso da nossa várzea. Me contaram que o presidente do Tabajara invadiu o campo da Nova Gleba e agrediu a socos o árbitro da sua partida contra o Nova Gleba. O jogo estava 2 a 2 e iria para decisão por pênaltis. E aí a confusão foi geral. A Brigada, parece, não foi chamada e se foi não se disse presente. Os próprios torcedores conseguiram tirar o árbitro de campo. "Ele saiu bem. Só levou uns socos do presidente do Tabajara", me contou uma fonte de total confiança. Já no blog há um comentário dizendo que o árbitro expulsou três jogadores do Tabajara e apenas um do Nova Gleba. E que este fato acabou levando o presidente a agredí-lo.
No segundo jogo, Nacional x Juventus, também deu problema. Só que o árbitro ao receber uma ameaça não pensou duas vezes: terminou a partida sob alegação de falta de garantia. Uma pena, mas mais uma vez estão denegrindo e acabando com o futebol de várzea em Porto Alegre. Assim, não teremos municipal nem no ano que vem.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Uma vitória maiúscula do Grêmio que passou pela arbitragem

Nem sempre jogar melhor é sinônimo de vitória. A recente derrota do Grêmio para o Cruzeiro foi uma prova. O time foi melhor, teve as melhores chances de marcar, mas foi o Cruzeiro quem ficou com os três pontos com Dagoberto aproveitando a única oportunidade do líder do campeonato. Pois esta tarde, na Arena, aqui em Porto Alegre, o Corinthians foi melhor durante todo o primeiro tempo. Mas a verdade é que não desfrutou de nenhuma grande oportunidade de marcar. 
No segundo tempo, o Grêmio surpreendeu seu adversário jogando em alta velocidade. Aos 30 segundos Barcos colocava o tricolor em vantagem. Três minutos depois ele aproveitou um cruzamento de Dudu e chutou para as redes contando com a ajuda do goleiro corintiano. A equipe de Mano Menezes descontou antes dos 20 minutos com o centroavante Guerreiro. Passou como quis pelo lateral gremista, Matías Rodrigues, e chutou entre o goleiro Marcelo Grohe e a trave. Quase no final do jogo, Heber Roberto
Lopes sonegou um pênalti em favor do Corinthians. Werley evitou a passagem da bola para o gol com o braço e o árbitro mandou seguir o lance.
O Grêmio assim, ganha de um grande e acaba ajudando o seu grande rival, Internacional, que garantiu-se em terceiro lugar na tabela, perdendo posição para o São Paulo que foi a 32 pontos com a vitória sobre o Santos.

Muita confusão nas semifinais da Nova Gleba. Árbitro é agredido e outro jogo não termina

As semifinais - Tabajara x Nova Gleba e Nacional x Juventus - pelo campeonato da Liga da Nova Gleba, categoria livre, terminaram com muita confusão. No primeiro jogo, o presidente do Tabajara, Ivan Oliveira teria invadido o campo aos 44 minutos do segundo tempo - o jogo estava 2 a 2 - e agrediu a socos o árbitro Milton da Silva logo após ele ter mostrado cartão vermelho para dois jogadores, um de cada time. Os próprios torcedores que se encontravam no campo da Nova Gleba é que conseguiram dar proteção ao árbitro depois dele ter levado vários socos.
Dependendo da reunião da Liga nesta semana, o Tabajara, por certo será eliminado da competição e já teve caçada a sua inscrição na Copa A Voz do Amador Libertadores, segundo o organizador do evento, Paulo Paqueta.
O segundo jogo também não terminou. Nacional e Juventus estavam empatados em zero a zero, quando o árbitro ao ser ameaçado e alegar falta de garantias resolveu dar a partida por encerrada. A liga, agora, é que vai definir como ficará a competição.
DIRCEU CONFIRMA AGRESSÃO MAS ACUSA ÁRBITRO
Na versão de Dirceu, treinador do Tabajara, o que aconteceu durante o jogo do seu time com o Novo Gleba foi o seguinte: "Não vou mentir que o árbitro não tenha sido agredido, porque todo mundo viu. A versão que foi passada para o blog é que não está correta. Tudo começou com o árbitro que não deveria ter sido escalado já que no jogo anterior  havia prejudicado a minha equipe ao expulsar dois jogadores meus. No domingo,  mostrou nove cartões amarelos para meus atletas. E o pior: expulsou um jogador meu e outro do Nova Gleba. Correto. Porém, voltou atrás e permitiu que o atleta da Nova Gleba voltasse a participar da partida. O meu presidente, então,  entrou em campo e foi tirar satisfação dele. Houve o empurrão. Isto é agressão. O árbitro, no entanto,  revidou com um soco no rosto do meu presidente. O filho dele que acompanhava o jogo ao ver o pai brigando, também entrou em campo. Aí o tumulto foi geral. Teve um ou dois jogadores do meu time que também participaram da agressão. Eu mais alguns atletas do Tabajara é que buscamos tirar o árbitro de dentro do campo. Não foi nada do time adversário. Resumindo: tudo começou pela escalação do árbitro que já tinha nos prejudicando no jogo anterior. Mas isto não justifica em hipótese alguma a agressão".
Dirceu se diz entristecido com o acontecido e fala em  abandonar a categoria livre. "Já fiz isto com a sub-17, quando tivemos problemas numa competição organizada pela Sme. Sinceramente não sei se vou continuar na várzea. O futebol está se tornando perigoso. Vou cuidar mais da minha gurizada", afirmou.
A liga se reúne nesta quarta-feira para decidir pela continuação do campeonato, uma vez que também no segundo jogo houve problemas com brigas. Para o treinador do Tabajara, "os quatro times das semifinais teriam que ser eliminados".

Surpresa no master. São José perde invencibilidade em Bento

O Esportivo conseguiu uma importante vitória sobre o São José que vinha com a melhor campanha, na manhã deste domingo, no campo do Flamengo, em Bento Gonçalves, por 2 a 1. O time local marcou seus gols já no primeiro tempo. No segundo, o São José reagiu, porém, o máximo que conseguiu foi diminuir a diferença para 2 a 1.
No sábado, o Corinthians União. jogando em Alvorada, derrotou o Chopp Feliz por 2 a 1 e em Dois Irmãos, Vila Rosa e Bento master empataram por zero a zero.

São José vence mais uma no estadual sub 19

Na abertura do segundo turno do estadual da categoria sub-19, o São José jogando em casa derrotou o Estância Velha, por 1 a 0. O gol foi marcado por Arthur, no segundo tempo. Com este resultado, o zequinha, treinado pelo Sandro Resende, manteve a primeira colocação do seu grupo.
O técnico analisou desta forma a partida: "O jogo valeu pala conquista dos 3 pontos. Tivemos muitos erros de passes e, principalmente, nas conclusões. Não podemos desperdiçar tantas chances, porque isso faz com que o adversário cresça na partida. Cumprimos nossa obrigação em vencer dentro de casa e todos estão de parabéns pela vitória. A partir de 2ª feira começamos a preparar a equipe para o difícil jogo contra o Novo Hamburgo”.
São José jogou com  Andrei, Alexandre (Pará), Coringa, Diógenes, Cássio, Jair, Baggio (Luis Felipe), Jean Michel, Arthur (Léo), Willian (Patric), Matheus (Deivison). Sobraram como suplentes: Luan, Lucas Murilo, Azevedo, Gustavo.

Abel assume a derrota para o Atlético. E daí

O Inter até que não vinha fazendo uma má partida. Teve chances de abrir o marcador com Rafael Moura. Com Victor caído e a bola na pequena área, o centroavante "matador" do Inter chutou na trave. Valdívia cansou e Abel promoveu a substituição mágica, colocou a paixão da comissão técnica, Otavinho que não fez nada e foi o responsável pelo lance que originou o contra-ataque atleticano que resultou no gol do Tardelli. Ele recebeu uma bola. Caiu como sempre faz. Ficou no chão e o Atlético atacou em alta velocidade.
O Inter, embora em segundo lugar no campeonato brasileiro vem fazendo uma campanha sofrível quando enfrenta os grandes do futebol brasileiro. Foi a quarta derrota. Só ganhou do Grêmio e do Santos. Empatou com Botafogo e Fluminense e a vitória sobre o Flamengo não entra na estatística.

Otavinho e Rafael Moura é muito sofrimento

O Inter confirmou tudo aquilo que penso. É um time sem ambição de chegar ao título; D'Alessandro continua sendo jogador só de Beira-Rio; Rafael Moura é um dos piores centroavantes do futebol brasileiro, perdeu um gol imperdível; Abel não tem convicção, uma hora entra com Jorge Henrique e na outra com Valdívia e a paixão do técnico e parece da direção, "Tavinho" que joga mais no chão, perdeu uma bola no ataque, ficou caído, o Atlético contra-atacou, Fabrício não estava no lugar e Tardelli, matador, fez 1 a 0 para o galo. Por que não colocar Alan Patrick? Por birra? Joga muito mais do que o tal de Otavinho considerado como craque. Só pro Abel e alguns analistas de resultados.
O Inter ainda está em segundo, mas neste domingo deve cair para o quarto lugar se Corinthians e São Paulo vencerem na rodada. E na próxima rodada pega fora de casa o Palmeiras. Como o verdão tá na rebarba do campeonato, está chegando a hora do colorado ressuscitar um morto.
O time de Abel baixou o percentual contra os grandes com a derrota neste sábado. O técnico deve, de fato, estar muito orgulhoso do seu time.
Mais uma vez, a equipe de Abel está nas mãos do Grêmio. Para não perder, pelo menos o terceiro lugar, necessita que o tricolor do Felipão vença o Ti
mão, do Mano Menees.
Ah, quarta-feira tem mais um pavor no Beira-Rio. Jogo com o Bahia pela sul-americana.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Ginasta do Social Esporte Clube é premiada em torneio estadual

O Secretário Municipal de Esportes, José Edgar Meurer, recebeua visita da jovem ginasta Emily Vitória Ricardo, de apenas oito anos de idade, que conquistou o 3° lugar no Torneio Estadual de Ginástica Artística, realizado no sábado, 16, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).
 Emily é mais uma jovem formada pelo programa Social Esporte Clube, da SME. A jovem ginasta está há seis meses treinando no Grêmio Náutico União, dedicando-se e aprendendo a cada dia a aprimorar-se nessa modalidade esportiva. A coordenadora do Social Esporte Clube, Magda Garcia dos Santos, recebeu a atleta com muita empolgação pelo fato de o programa ajudar na formação de atletas. Já a pequena ginasta ficou feliz em receber pares de tênis da coordenadora. (Fonte: Sme)

Domingo tem decisão no Maringá

Chega ao seu final no próximo domingo o campeonato de veterano da Liga do campo do Maringá. Jogam a partir das 10h30 as equipes do São Lourenço e do Lagoense, da São Borja.

Vai começar a I Copa de futebol dos Territórios da Paz

Liderado pelo presidente da liga do Rubem Berta, Roberto, estará sendo disputada no mês de setembro a I Copa de Futebol dos Territórios da Paz. A primeira reunião aconteceu no Ginásio Tesourinha, na noite de 20 deste mês. Na ocasião os times interessados em participar da competição foram divididos em duas chaves. Na "A" ficaram Vitória, Agora é Sério, Doze Horas, 1° de Maio, Juventus, União da Bonja, Zona Sul, Atlético Canoense, Vasquinho, Azulão e Academia da Velha. Na chave "B", RS Vila Farrapos, Real Academia São Pedro, Atlético Eldoradense, Revelação, Clube 2014, Juventude da Bonja, Keoma, Viclen, Paulo Santos e Real São Domingos.
Os líderes do evento estão tentando conseguir junto a Secretaria de Esportes cinco campos para a realização da competição. Já foram liberados três, Marinha do Brasil, Parcão e Ramiro Souto. Faltam dois. O secretário Edgar Meurer prometeu solucionar o problema nos próximos dias. Assim que a organização tiver os cinco campos definidos pela Sme será divulgada a primeira rodada da Copa.

Grêmio cede vitória ao Cruzeiro nos minutos finais

O Grêmio foi a Belo Horizonte enfrentar o líder do campeonato brasileiro com o propósito de voltar a Porto Alegre com pelo menos um ponto. E quase conseguiu, até mais do que isto. Porém, na única situação viva de gol, Dagoberto, de cabeça, marcou para os mineiros. Antes disso, e ainda no primeiro tempo, o Grêmio teve duas excelentes chances com Dudu. O Grêmio só não marcou porque Fábio, goleiro do Cruzeiro, operou dois milagres. No segundo tempo a chance foi com Edinho que chutou de bico quando deveria colocar e de Luan em mais uma grande defesa de Fábio.
Decepção mesmo, o garoto Ronan, centroavante de quase dois metros mas de pouca habilidade.

Fábio não deixou o Grêmio dar uma mãosinha para o Inter

O Grêmio até que tentou dar uma mãosinha para o Inter, mas no final deu Cruzeiro com um gol de cabeça do ex-colorado Dagoberto. Pelo que foi proposto pelo Felipão, a atuação do Grêmio até saiu melhor do que a encomenda. Foi o time gremista quem desfrutou das melhores chances. Duas com Dudu que Fábio fez excelentes defesas. E na única situação clara de gol, o Cruzeiro ganhou o jogo. Mas pelo que mostrou esta noite no Mineirão, o Grêmio do Felipão promete complicar a vida dos seus adversários.
O Cruzeiro abriu cinco pontos do Internacional. E as declarações do D’Alessandro de que o colorado quer terminar o turno em segundo lugar, teve um complicador esta noite.  O Corinthians venceu e encostou em número de pontos com o Inter, só perdendo no critério do número de vitórias. Vale lembrar que o colorado sai para dois jogos, Atlético Mineiro e Palmeiras.
A atual direção do Internacional não sabe o que quer. O presidente Giovani Luigi sente uma coceira na mão quando recebe uma proposta por jogador do seu elenco. Entre o título e uma boa grana, parece que ele prefere os euros. Agora está dizendo que tem em mãos uma proposta por Charles Aránguiz  que é o dobro que o clube pagou pelo passe do chileno. Mas o dobro é pouco, não acham? Se for o triplo eu até concordo em vendê-lo. Mas o dobro não. Se for campeão brasileiro – eu acho que o presidente pensa como eu, é muito difícil – a grana que o clube irá arrecadar será muito maior.
Rafael Moura está pedindo paciência à torcida e começa a reclamar que está sozinho. Só que quando recebe uma companhia o futebol dele é o mesmo. Dentro da área na hora do vamos ver, ele se atrapalha todo. Bola pra ele é contra-ataque do adversário. A verdade é que a torcida já perdeu a paciência com ele. Abel não, porque vai com ele até o finalzinho dos jogos.
E por falar em Abel, o técnico colorado disse estar “orgulhoso” com o time. Então é só ele. A ZH, por exemplo, estampa matéria em que o Inter tem um aproveitamento de apenas 8% contra os grandes. Na verdade, até agora só venceu o Grêmio e o Santos. O Flamengo não conta porque está caindo pelas beiradas. Empatou com o Botafogo e Fluminense, perdeu de Cruzeiro, Corinthians e São Paulo. Em 15 pontos fez dois. Então é ou não uma campanha para o Abel estar orgulhoso?

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

São José termina turno líder da chave A do estadual sub 19

Ao término do 1º turno da fase classificatória da Copa FGF Sub-19, os juniores do São José consolidaram-se na liderança da Chave A.
O Zequinha, está invicto em 4 jogos, obteve 2 vitórias e 2 empates, somando 8 pontos. Além disso, fez 7 gols (Willian Gross fez 2 gols; Jean Michel, Jesus, Raul e Arthur anotaram 1 gol cada e o zagueiro Igor do Novo Hamburgo fez gol contra a favor do Zequinha) e sofreu apenas 2, tendo um saldo positivo de 5 gols. .
A segunda posição da chave é ocupada pelo Novo Hamburgo (7 pontos), seguido por Estância (5 pontos), Cruzeiro (4 pontos) e Sapucaiense (3 pontos).
Conforme o regulamento, classificam-se 4 equipes de cada chave para os confrontos eliminatórios.  
No returno, que já se inicia no sábado, dia 23/08/15, os comandados do técnico Sandro Resende recebem o Estância Velha no Estádio Passo D'Areia, em Porto Alegre.
Os demais jogos do São José serão:
- 30/08/15 - no Estádio do Vale contra o Novo Hamburgo;
- 06/09/15 - no Estádio Passo D'Areia contra o Cruzeiro;
- 13/09/15 - no Estádio Arthur Mesquita Dias contra o Sapucaiense.
"Ficamos satisfeitos com o desempenho até o momento. Alcançamos um dos objetivos propostos para o 1º turno e tudo está dentro do planejado. Obviamente, precisamos aumentar todos nossos níveis para manter essa colocação, imaginando que teremos algum tipo de benefício para a 2ª fase da competição. O plantel segue trabalhando em ritmo intenso, todos estão muito bem preparados, consolidando o ótimo trabalho realizado pelo preparador físico Leonardo Fortino e pelo preparador de goleiros Lori. Seguimos focados em busca da final da Copa Sub-19, mas sabedores que o campeonato ficará cada vez mais difícil e que qualquer tropeço pode ser fatal." - disse o técnico do São José Sandro Resende.

I Copa A Voz do Amador Libertadores. Mais um evento de Paulo Paquetá

Depois de assumir sozinho o restante da I Copa A Voz do Amador de futebol de campo, o árbitro Paulo Paquetá atendendo pedido de alguns clubes estará promovendo a partir de setembro a I Copa A Voz do Amador Libertadores. "Mesmo sem divulgação, sete equipes já manifestaram interesse em participar de mais este evento", confirmou Paulão. Segundo ele ainda, além do AVTZ, Atlético Eldoradense e Vitória, os três primeiros colocados do torneio que chegou ao seu final no domingo, 17, "outro time de Eldorado também irá participar, assim como de Alvorada e o Tabajara, que disputou o campeonato da Nova Gleba". As inscrições estão abertas e faltam apenas três equipes para completar o número estabelecido de dez. Os interessados poderão entrar em contato pelo celular (51)9365.5764 (Claro) e 8559.9179 (Oi).

Abrem inscrições para os Jogos das Pessoas Idosas

Estão abertas as inscrições para a 16ª edição dos Jogos de Integração das Pessoas Idosas do Rio Grande do Sul. O evento promove e difunde a integração entre idosos e idosas, por meio da prática e vivência de atividades físicas, esportivas, sociais e culturais, contribuindo para a promoção da autonomia e cidadania. Poderão participar representantes de instituições e/ou entidades públicas ou particulares de todo o Estado que tenham idade mínima de 60 anos completos até 6 de novembro. Os Jogos têm um limite máximo de 1.500 participantes.
Este ano, a competição acontecerá em Tramandaí, entre 6 e 9 de novembro. Os Jogos de Integração terão atividades esportivas (cambio, basquete relógio com deslocamento e handebol por zona) e recreativas, sociais e culturais (como atividades aquáticas, jogos de mesa, yoga, tai chi chuan, caminhadas, dança, atividades de expressão corporal e atividades sociais).
Saiba mais

O que: 16º Jogos de Integração das Pessoas Idosas do Rio Grande do SulInscrições: até 26 de setembroModalidades: atividades esportivas (cambio, basquete relógio com deslocamento e handebol por zona), atividades recreativas, sociais e culturais: atividades aquáticas, jogos de mesa, yoga, tai chi chuan, caminhadas, dança, atividades de expressão corporal e atividades sociais.Naipe: feminino e masculino.
Idade: a partir dos 60 anos
Reralização: de 6 a 9 de novembro
Local: Tramandaí

Inter cede três pontos para o São Paulo e agora vai ter de torcer para o Grêmio nesta quinta


A atuação do Internacional até que não foi das piores. O time foi melhor do que contra o Bahia e o Goiás, só que ao contrário, não teve falhas do adversário a seu favor e sim da sua defesa para o tricolor paulista. A partida já se encaminhava para o final do primeiro quando Ernando, quase da linha de fundo, tocou a bola para o experiente Juan. Ao invés de chutar pela linha de lado ou mandar para escanteio, o ex-zagueiro da seleção brasileira preferiu sair jogando com um passe enforcado para o garoto Bertotto. Ele acabou surpreendido por um jogador do São Paulo e do cruzamento começou a nascer o único gol do jogo, marcado por Paulo Henrique Ganso. Assim, o Inter marcou passo e dependendo do Grêmio na noite desta quinta-feira, poderá ver a diferença do Cruzeiro mantida. Caso contrário, a raposa abre seis de diferença.

Jorge Henrique e Rafael Moura, não!!!

Num jogo em que o São Paulo veio para não ganhar, o Internacional deu de presente uma vitória para o tricolor de Muricy Ramalho na noite desta quarta-feira, aqui no Beira-Rio. A soberba dos zagueiros, em especial do experiente Juan, custou caro para o colorado. Ao demonstrar categoria quando tinha duas opçoes, chutar para a lateral ou mandar para escanteio, o ex-zagueiro da seleção brasileira deu uma enforcada para o garoto Bertotto. Ele acabou perdendo a bola e dali originou o gol do São Paulo. Afora isto, Abel também presenteou Muricy. Mostrando uma falta de convicção, tirou Alex e colocou em campo Jorge Henrique, ao contrário do que fizera em Goiânia quando o escolhido para entrar foi o Valdívia. E deixou até o final o Rafael Moura que desperdiçou umas duas oportunidades de marcar por pura incompetência. Apesar de ser vice, o Inter não tem time para ser campeão. Só um aborto a natureza poderá dar ao colorado a conquista do campeonato.
O Inter, para não ver o Cruzeiro folgar na liderança do campeonato brasileiro vai necessitar, mais do que nunca, do seu maior rival, Grêmio que joga nesta quinta-feira, em Belo Horizonte contra a Raposa. E não duvidem que o tricolor do Felipão venha surpreender derrotando o Cruzeiro mesmo dentro do Mineirão.
Assisti o jogo do Palmeiras, em Recife. O time paulista perdeu mais uma. Tomou 2 a 1 do Sport de virada e passou ser ficha um para o rebaixamento. O time dói de ruim. O treinador argentino, pela fisionomia mostrada pela televisão, está apavorado.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Nesta quinta abre oficialmente a XVII Semana Municipal das pessoas com Deficiências

Será aberta oficialmente nesta quinta-feira, 21, a XVII Semana Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Porto Alegre. A solenidade acontece no Salão Nobre do Paço dos Açorianos, a partir das 11h, e contará com a presença do prefeito José Fortunati. Entre as atividades, que ocorrerão até o dia 28, está o Seminário promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Porto Alegre (Comdepa) com o tema “Atitudes que fazem a diferença”.
Um dos destaques da semana este ano é a homenagem aos atletas paralímpicos e às pessoas e entidades que atuam em prol das pessoas com deficiência, e que acontecerá durante a solenidade de abertura e também na tarde desta quinta, no seminário, que acontece no auditório Ana Terra, na Câmara de Vereadores. O objetivo do evento é dar maior visibilidade para a situação de vida dessas pessoas, possibilitando a integração entre sociedade civil e poder público para o melhor atendimento das necessidades dos deficientes e para garantir seus direitos enquanto cidadãos.
As atividades da XVII Semana Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Porto Alegre, promovidas pelo Comdepa, são lideradas pela Secretaria Municipal de Acessibilidade e Inclusão Social (Smacis), em parceria com a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc). 

Pelo menos Dunga fez justiça com os destaques do nosso brasileirão

Dunga chamou alguns jogadores da fracassada seleção brasileira no mundial recentemente realizado aqui no Brasil, mas ao mesmo tempo fez justiça com os destaques do nosso brasileirão. Aqui neste espaço, condenei o Felipão por ter levado Fred e Jô para mesma posição e deixado um jogador promissor e que vinha fazendo um excelente campeonato pelo Cruzeiro, Ricardo Goulart. E eu posso falar a respeito deste jogador que foi lançado pelo Paulo Roberto Falcão, no jogo contra o Penharol, pela Libertadores, quando o Inter foi eliminado aqui em Porto Alegre. Pois bem, Ricardo Goulart em sua passagem pelo Internacional, não me chamou a atenção. Muito pelo contrário, suas atuações não me levaram a acreditar no futebol dele. Mas, negociado com o Goiás, ele deu um salto na carreira, comandado pelo seu ex-técnico das categorias de base do Inter, Enderson Moreira. Adquirido pelo Cruzeiro, vem sendo peça fundamental no time mineiro na sua caminhada em busca do bi brasileiro. Errar é humano. Persistir no erro, é burrice. Por isto, há muito, mudei meu conceito sobre este jogador ao ponto de criticar a sua não convocação para o Mundial.
Dunga leva Jefferson, goleiro do Botafogo, acreditando eu que ele será o titular. Já não acredito que venha colocar o David Luiz, um dos chorões na Copa, como titular embora o tivesse chamado. No meio, justiça com o corintiano Elias. Na frente,  com Diego Tardelli que joga muito mais que o convocado pelo Felipão, Jô,  seu companheiro de Atlético Mineiro. Acho que o Dunga está no caminho.
Recebi uma ligação do Paulo Paquetá, que se mostrava entusiasmado com o final da I Copa A Voz do Amador de futebol de campo me pedindo para ceder o nome do blog para a “I Copa A Voz do Amador Libertadores”. Tudo bem, disse a ele. Agora não me envolvo em nada. “É tudo comigo”, me respondeu. Aí, então, tudo bem. O nome do blog serve como credibilidade para o evento que ele pretende organizar. Já há times interessados, mesmo antes do lançamento da competição.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Dunga traz jogadores da fracassada seleção da Copa mas faz justiça com destaques do brasileirão

A nova seleção brasileira, agora sob o comando de Dunga, foi convocada esta manhã para os amistosos acertados pela CBF. O técnico fez justiça ao chamar os principais destaques do atual campeonato brasileiro, casos de Diego Tardelli (Atlético Mineiro), Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro (Cruzeiro). Da fracassada seleção de Luiz Felipe Scolari, ele chamou o goleiro Jefferson, o zagueiro David Luiz, os meio-campistas Luiz Gustavo, Ramires, Oscar, Fernandinho e William e o atacante Hulk. 
A relação completa: 
Goleiros:Jefferson (Botafogo) e Rafael Cabral (Napoli); 
Laterais: Maicon (Roma), Filipe Luís (Chelsea), Danilo (Porto) e Alex Sandro (Porto)Zagueiros: David Luiz (Paris Saint-Germain), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Miranda (Atlético de Madri) e Gil (Corinthians)
Volantes: Fernandinho (Manchester City), Luiz Gustavo (Wolfsburg), Elias (Corinthians) e  Ramires (Chelsea)
Meias: Everton Ribeiro (Cruzeiro), Oscar (Chelsea), Willian (Chel-sea), Ricardo Goulart (Cruzeiro) e Philippe Coutinho (Liverpool)
Atacantes: Hulk (Zenit), Diego Tardelli (Atlético-MG) e Neymar (Barcelona)

Presidente do Coritiba vai de encontro a cultura brasileira e banca Roth a cada derrota

O que mais se ouve quando um treinador é demitido é que se trata de uma cultura do futebol brasileiro porque os resultados não aparecem. E que os dirigentes não julgam o trabalhos dos técnicos. Pois o presidente do Coritiba está vindo de encontro a cultura brasileira e vem bancando o treinador Celso Roth mesmo que o trabalho dele não venha dando resultados. O Coritiba é o último da tabela. É verdade, que o time não é lá estas coisas. Está calcado no veterano Alex que continua jogando na zona morta, ou seja, sem muita responsabilidade na marcação. Não vi a partida de domingo, quando o Coritiba foi derrotado pelo Flamengo que com a vitória conseguiu respirar um pouco fora da zona de rebaixamento. Não sei quanto tempo o presidente do Coritiba vai bancar o Celso, só que demitido, ele não poderá criticar a tal “cultura brasileira” com os técnicos.
Sábado foi um dia triste para quem gosta do futebol de mesa. E quem não gosta? O italiano gaúcho, Domenico Romana, conhecido como Mimo, nos deixou. Por certo, foi requisitado por Deus para dar continuidade ao seu trabalho lá no Céu. Sempre que fui ao seu Bazar, ali na Fernando Machado, o tratamento dispensado não só a mim mas a todo os seus clientes foi de carinho e  respeito. O futebol de mesa perdeu o seu maior incentivador depois de 34 anos. Descanse em paz, Mimo!
Escrevi, há muito tempo, neste espaço que o futebol de várzea, em Porto Alegre estava morrendo. Alertei que o secretário de esportes, Edgar Meurer estava de olho nos atos de indiscplina e que a intenção era dar um basta nem que fosse preciso acabar ou suspender o campeonato municipal. Não acreditaram. E foi o que acabou acontecendo. E os reflexos estão aí. Ligas resolveram também acabar com suas competições para evitar problemas graves no futuro. Hoje em dia, como qualquer guri anda armado, os mais antigos não querem correr o risco de saírem de casa para não mais voltar. E com isto a várzea que já foi forte está caindo pelas beiradas. Afora isto, os custos pra colocar um time em campo são altos. E não há tanto dinheiro assim para uma pessoa ou no máximo duas colocar a mão no bolso e pagar todas as despesas.
Aliás, o problema financeiro parece afetar, também, as equipes de veterano. Este ano, por exemplo, um dos mais tradicionais campeonatos da categoria, o do Ararigbóia, não foi realizado. Já ouvi de um dirigente que os custos são elevados e muito difícil de serem bancados. Um jogo, para cada time, não custa menos de R$ 200,00, entre uma carninha, uma ajudinha e o pagamento da arbitragem, sem falar na taxa de inscrição.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista


O futebol de mesa está de luto com a morte de Domenico Romana, o Mimo

Domenico Romano, natural de Morano Calábrio, no sul da Itália, chegou ao Brasil aos oito anos de idade. Ajudou o pai no açougue na zona sul de Porto Alegre até 1980, quando resolveu mudar de comércio e abrir um bazar na Fernando Machado. E foi a partir deste ano que Domenico ganhou o apelido de “Mimo”. Referência no futebol de mesa, exímio jogador, sua casa se transformou em casa de muitos aficionados do futebol de mesa, que passavam horas depois do trabalho jogando futebol de mesa e se reuniam, aos Sábado, para participação em torneios.. Em matéria especial, o Jornal do Comércio destacou que Mimo conseguiu transformar “um brinquedo em negócio rentável”. E ali, sempre atencioso no trato com clientes, Domenico Romano permaneceu até o sábado, 16, quando foi chamado para uma tarefa especial lá no Céu. Seus filhos, ele sempre dizia, tocarão o Bazar no dia em que conseguisse se aposentar. Por isto, o Bazar Mimo, a casa do futebol de mesa, deve continuar com a supervisão do Domenico Romano lá de cima. O futebol de mesa perdeu, assim, o seu maior incentivador. Vá em paz Mimo!

Grêmio decide vaga com o Santos na Vila Belmiro

Na manhã deste segunda-feira, a CBF sorteou os confrontos das oitavas de finais da Copa do Brasil. O Grêmio que por ter participado da libertadores só entra nesta fase, estreará contra o Santos. A ordem dos jogos foi definida em novo sorteio que entidade promoveu nesta segunda-feira. A primeira partida será aqui em porto Alegre no dia 27 deste mês e o jogo de volta em 3 ou 4 de setembro, na Vila Balmiro.

Chegamos ao final, neste domingo, 17,  da I Copa A Voz do Amador de futebol de campo, categoria livre. Apesar de não ter nenhuma ingerência na organização do evento, apenas aceitei ceder o nome do nosso blog quando o Paulão me ligou e pediu autorização para realizar o torneio, acabei me envolvendo. Consegui a parceria com o vereador Mário Fraga - a quem agradeço o apoio - que disponibilizou a premiação que foi entregue aos times campeão e vice, Destaque do jogo, Treinador campeão e Treinador do destaque; atendi o pedido para conseguir que algumas rodadas fossem realizadas no campo do Ceprima e a final no Marinha do Brasil. Fiz a minha parte, disponibilizando as medalhas personalizadas entregues aos times desde o terceiro lugar. Não fique até o fim da festa, porque ainda estou me restabelecendo de um resfriado e aos 72 anos não posso dar moleza para o azar. Mas pelo que vi, me satisfez. Dois times muito bons, disciplinados que só engrandeceram a competição que, repito, foi organizada pelo Paulo Paquetá a quem quero parabenizar. A ele e a sua equipe que trabalhou esta tarde. Muito obrigado a todos em especial as direções do Atlético Eldoradense e da AVTZ.
No futebol profissional, o Grêmio voltou a vencer e mostrou que não está morto. Ficou só a quatro pontos do Fluminense que levou dois do Botafogo, em Brasília. Não vi o jogo do Grêmio e por isto não posso falar muita coisa. Mas pelo que ouvi, o resultado valeu mais do que a atuação.
No sábado sim, acompanhei o Internacional contra o Goiás. E o que me pareceu, apesar da vitória, o colorado não ambiciona muito mais do que uma vaga na Libertadores. O time foi mal e achou um gol no segundo tempo. Quem ambiciona ser campeão, é o Cruzeiro que mesmo enfrentando um Santos com Robinho aplicou três a zero e retomou a primeira colocação  que Inter tinha alcançado no sábado.
 A rodada do meio da semana será empolgante. O Grêmio, do Felipão, vai a BH pegar justamente o líder da competição. E dependendo do que o Inter fizer contra o São Paulo, o tricolor gaúcho poderá ajudar o seu eterno rival a voltar a liderança do brasileirão.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

Estadual de master: Chopp Feliz faz a festa em cima do Esportivo

Dois jogos foram realizados no final de semana valendo pelo campeonato estadual de futebol de campo, categoria master. No sábado, Vila Rosa e Corinthians União de Alvorada empataram sem gols. Neste domingo, 17, o Chopp Feliz jogando em casa derrotou o Esportivo por 4 a 2.
No sábado que vem, 23, a partir das 15 horas, Vila Rosa x Bento Master, em Dois Irmãos; Corinthians União de Alvorada x Chopp Feliz, em Alvorada e Esportivo x São José, em Bento Gonçalves, no campo do Flamengo.

Flamenguinho x Beko, a final do Murialdo

Foram conhecidos na manhã deste domingo, 17, os finalistas do campeonato de futebol de campo, categoria master, da Liga do Murialdo. No primeiro jogo, o Flamenguinho, do Paulão, goleou o Estrela por 4 a 0. Na sequência, num jogo de grande  movimentação, o 100% Beko ganhou do Paulo Berg por 2 a 1. Assim, Flamenguinho e 100% Beko decidirão no doingo, 25, o título da temporada 2014. Na preliminar, Estrela e Paulo Berg decidirão quem ficará em terceiro lugar.

Inter dorme na liderança e seca o Cruzeiro neste domingo

O Inter foi dormir, neste sábado, como líder do campeonato brasileiro após sua vitória de 1 a 0 sobre o Goiás, no Serra Dourada. Apesar da liderança e da vitória,o colorado não teve uma atuação brilhante, mas deu para o gasto. O gringo D'Alessandro, finalmente jogou bem uma partida fora do Beira-Rio. Aránguiz continua sendo o melhor do time. Alex foi bem. Cláudio Winck mostrou muito pouco em relação a sua atuação no Gre-Nal. Fabrício continua sem mostrar muita coisa e o centroavante Rafael Moura parece ter desaprendido de jogar bola.
O gol foi contra. Mas não importa, O que importa foi a vitória que dá ao colorado a oportundade de domir na liderança neste sábado.
Neste domingo, chegaremos ao final da i Copa A Voz do Amador de futebol de campo. Evento que começou organizado pelo Fabiano e o PauloPaquetá e que após um desentendimento entre os dois acabou ficando só com o Ppaulão. Alguns times como o Paulo santos, Família Barcelona e o AF Zona Norte/Pavilhão Nove abandonaram a competição que, mesmo assim, pelo que tenho ouvido, foi um torneio muito bem disputado pelos que restaram. Quatro deles chegaram às semifinais. Nete domingo, no primeiro horário, no campo do saudoso Flávio França, Vitória e Fluminense, da Safira, decidem que fica em terceiro lugar. Depois sai o campeão do jogo Atlético Eldoradense x AVTZ. Eu, como se trata de uma homenagem ao nosso blog, estarei conferindo. O vereador Mário Fraga fará a entrega dos troféus que leva também o seu nome.

Luiz Carlos Oliveira, jornalista

São José manteve a liderança da sua chave no estadual sub 19

Em partida válida pela 5ª rodada da fase classificatória da Copa FGF Sub-19, Estância Velha e São José empataram em 1x1, em jogo disputado na tarde de ontem, sexta-feira, no Centro Olímpico de Canoas.
A equipe do Zequinha abriu o placar logo aos 6 minutos de jogo, quando Willian cobrou um pênalti com perfeição, desferindo um chute forte de pé direito.
Por volta dos 20 minutos do 1º tempo, após um rebote dentro da área do São José, o Estância Velha empatou com Lê.
Ambas equipes tiveram oportunidade de ampliar o placar, mas não foram felizes em suas finalizações, portanto, o empate foi justo.
Com este resultado, o São José segue na liderança da Chave A com 8 pontos e o Estância chegou aos 4 pontos, assumindo a vice-liderança.
"Foi um jogo muito truncado e disputado. O péssimo estado do gramado prejudicou demais. Nossa proposta é sempre jogar com a bola no chão, tentando envolver o adversário através do toque de bola, mas aqui no Centro Olímpico isso é praticamente impossível. O Estância tem seus méritos, fez prevalecer o fator local e nos tirou pontos importantes. Ficamos na obrigação de vencer o próprio Estância na próxima rodada, mantendo nossa invencibilidade dentro da competição." - analisou o técnico do São José, Sandro Resende.
O time sequinha jogou com Andrei, Fabrício (Arthur), Jesus, Diógenes, Cássio, Jair, Baggio (Pará), Jean Michel (Luis Felipe), Deivison (Matheus), William, William Alves (Léo),


Top